Participações Especiais

Sobre sonhos novos

Uma colaboração do meu amigo Macson Marinho
sonhos
Um certo dia, um homem estava construindo uma casa.

Isso levou muito tempo, até que um dia, a casa estava totalmente construida.

Até que um dia, veio uma ventania e destruiu a casa.

O homem por sua vez, ao invés de deixar tudo pra lá, tornou a construir outra, mesmo sabendo que esta iria levar muito tempo.

Depois de alguns anos, a casa estava novamente de pé, até que veio outra ventania e destruiu novamente a casa.

Aquele homem, já muito triste, até pensou em desistir da construção, mas tornou – se a erguer a cabeça e construir outra casa.

Material pra á, peso pra cá, enfim, a casa, depois de alguns anos, estava novamente de pé.

E aí, veio outra ventania e destruiu a casa novamente.

O homem, ao invés de desistir, humpf, continuou!

Foi construir outra, sem desistir. No seu caso, o que vc faria?

Moral da história: A virtude da vida não está em construir um único sonho, que se constrói e depois acaba, mas está na perseverança de construir um novo sonho a cada dia mesmo no meio das aflições da vida.

E tem mais: Ninguém nasce sonhando, a gente aprende a sonhar, e sonho, naum se ganha, se conquista…

Ele tem um blog de fotojornalismo bacana: Ponto de Vista Escangalhado

Anúncios
Padrão
Participações Especiais

Meu Tempo

Uma poesia do meu amigo Giovani:

Meu tempo é tão especial

mas ao mesmo tempo não é valorizado

meu tempo é precioso,

mas é fugaz

é fugídio

escorregadio

escasso!

Meu tempo é apressado

mas se arrrasta quase sempre

ora tenho a impressão

que perco o controle das coisas

ora, nada que desejo me acontece

meu tempo padece

fenece… falece

e se ressuscita, retrocede

meu tempo é futurista,

mas tão retrógrado

ao mesmo tempo em que me empurram à frente

vou pra trás.

quando criança, sou velho

quando velho, nem nasci

eu acho que meu tempo tem

uma semelhança curiosa

com o tempo de Benjamin

beija a mim?

ah! isso faz tempo

a propósito… que tal um cinema?

tem tempo?

Padrão