AD História, História, mundo cristão

Assembleia de Deus – 103 anos

Casa de Celina Albuquerque, onde foi fundada a Assembleia de Deus

Hoje, 18 de junho, é comemorado o 103º aniversário de fundação da Assembleia de Deus no Brasil.

Os missionários suecos radicados nos Estados Unidos Daniel Berg e Gunnar Vingren chegaram ao Brasil em 19 de novembro de 1910, após receberem a revelação de que tinham um chamado missionário para uma terra distante chamada “Pará”. Pouco tempo após o desembarque na cidade de Belém, passaram a realizar cultos no porão da Igreja Batista (onde estavam hospedados) e na casa de Celina Albuquerque, que viria a ser a primeira pessoa a receber o batismo com o Espírito Santo no Brasil. O número de membros que participavam dessas reuniões aumentou muito, o que provocou uma reunião convocada pela direção da Igreja Batista no dia 13 de junho de 1911, que culminou com a expulsão dos missionários e de outros 18 membros por acreditarem na doutrina pentecostal.

Cinco dias depois, em 18 de junho, Daniel Berg e Gunnar Vingren, juntamente com Celina Albuquerque e os membros expulsos da Igreja Batista, fundaram a “Missão da Fé Apostólica”, nome inspirado na famosa Igreja da Rua Azusa, nos Estados Unidos. O nome seria mudado para Assembleia de Deus apenas em 1914, ano em que foi inaugurado o primeiro templo assembleiano.

Os primeiros anos mostraram as dificuldades que os missionários enfrentariam para levar a mensagem do evangelho pleno ao vasto território brasileiro. Foram inúmeras as dificuldades, que vinham de todos os lados: líderes de algumas Igrejas protestantes tradicionais os acusavam de pregar uma doutrina que não valia para os dias atuais e de trazerem divisão; a Igreja Católica, por sua vez, alertava seus fiéis a não darem ouvidos às pregações dos missionários, acusando-os de praticarem feitiçaria; além de enfrentarem a barreira do idioma, as doenças tropicais e os perigos das florestas e dos sertões.

Nos anos que seguintes, outros missionários se juntaram aos fundadores, e assim o nome Assembleia de Deus foi levado a todo o Brasil. Seja através de cultos ao ar livre, de pregações nos lares ou apenas testificando aos vizinhos sobre a Salvação em Jesus Cristo, em apenas 46 anos a Assembleia de Deus alcançou todos os estados brasileiros e atualmente é a maior denominação evangélica do Brasil, com cerca de 12,3 milhões de membros (dados do Censo 2010 do IBGE).

 

Fontes:

PRATES, Denise; FERNANDES Renato. Tributo ao Centenário da Assembleia de Deus no Brasil. Editora Betel, RJ, 2012.

PRATES, Denise; FERNANDES Renato. CONEMAD/RJ 50 Anos Celebrando Deus com Unidade Hierarquia e Disciplina . Editora Betel, RJ, 2012.

Anúncios
Padrão
AD História

Assembleias de Deus no Brasil – 101 anos

A 101 anos atrás os missionários Gunnar Vingren e Daniel Berg, com um grupo de 18 irmãos, fundaram a Missão de Fé Apostólica, que depois teve o nome mudado para Assembleia de Deus. Hoje é a maior denominação evangélica do Brasil e uma das maiores do mundo! Parabéns Assembleias de Deus!

Padrão
AD História

13 de junho de 1911

Primeira Igreja Batista do Pará, à época em que recebeu os missionários Daniel Berg e Gunnar Vingren.

O dia 13 de junho é uma data chave na história da Assembleia de Deus no Brasil. No ano de 1911, nesta data, 13 membros da Igreja Batista de Belém foram excluídos por terem aceitado a doutrina pentecostal trazida pelos missionários suecos Gunnar Vingren e Daniel Berg.

Vingren e Berg estavam a alguns meses participando dos cultos na Igreja Batista, que os acolheu por terem origem batista. Nas oportunidades que tinham, falavam à igreja sobre o batismo com o Espírito Santo. Alguns irmãos e obreiros aceitaram a pregação e simpatizavam com os missionários. Mas haviam aqueles que consideravam a presença e a pregação dos suecos um perigo para a igreja. A situação tornara-se mais delicada quando os missionários passaram a realizar cultos e a ensinar a doutrina pentecostal no porão da igreja, onde estavam hospedados. Muitos irmãos ansiosos por conhecer o batismo com o Espírito Santo insistiam que os missionários lhes ensinassem. Inconformado com o movimento pentecostal que se instalava extraoficialmente na igreja, o evangelista Raimundo Nobre decidiu por convocar uma reunião na igreja para que fosse decidido o futuro dos missionários e dos membros que haviam aceitado o pentecostalismo.

No dia 13 de junho de 1911 foi realizada a reunião, na qual foi condenada a atitude dos missionários, que estavam ausentes na reunião. Foram excluídos 13 membros da Igreja Batista por terem aceitado a doutrina pentecostal, incluindo José Plácido da Costa, que ocupava a função de moderador, representando o pastor da igreja. Um mês depois outros três membros também foram excluídos.

Os acontecimentos seguintes da exclusão culminaram na fundação da Missão de Fé Apostólica, que mais tarde tornou-se a Assembleia de Deus.

Fontes: ARAUJO, Isael. Dicionário do Movimento Pentecostal. Rio de Janeiro: CPAD, 2007.

VINGREN, Ivar. Diário do Pioneiro: Gunnar Vingren. Rio de Janeiro: CPAD, 2010.

PRATES, Denise; FERNANDES, Renato. Tributo ao Centenário das Assembleias de Deus no Brasil. Rio de Janeiro: Editora Betel, 2012.

ALMEIDA, Antônio Batista de. 80 Anos construindo para a glória de Deus. Belém: [s.n.], 1977.

 Seara News

Padrão
AD História

O dia em que dois suecos chegaram no “Pará”

No dia 19 de novembro de 1910, desembarcavam no cais do porto de Belém  do Pará os suecos Gunnar Vingren e Daniel Berg, fundadores da Assembleia de Deus no Brasil. Traziam consigo somente suas bagagens de mão – suas malas com roupas leves para o calor tropical haviam sido extraviadas no embarque.

Não sabiam falar o português, não tinham nenhum contato no Brasil nem sabiam onde iriam passar a noite.

Após desembarcarem na cidade que na época tinha o apelido de “Petit Paris”, sentaram-se num banco de praça, comeram mangas, abundantes na cidade, e oraram a Deus agradecendo pela viagem e pedindo orientação sobre o que fazer na terra para onde haviam sido chamados.

Chamados por Deus alguns meses antes, numa oração na cozinha da casa do irmão Adolf Ulldin, compatriota que morava nos Estados Unidos. O Espírito Santo, através da boca de Ulldin lhes disse que seriam missionários num lugar chamado “Pará”, e que ensinariam ao povo os rudimentos da fé, pois que eram muito simples.

Ao decidirem partir para o Brasil, Vingren viu sua noiva romper o compromisso que tinha com ele. Daniel já havia deixado seu trabalho em Chicago para seguir a Deus ao lado do seu amigo que pastoreava uma igreja Batista que se tornara pentecostal na cidade de South Bend.

No Brasil, Gunnar Vingren e Daniel Berg viram cumprir-se as promessas que Deus tinha para as suas vidas, através deles surgiu e cresceu uma obra gigantesca, que cresceu de maneira avassaladora por todo o Brasil, e que hoje alcança os quatro cantos do mundo: as Assembleias de Deus no Brasil.

Padrão
AD História, música

Precioso pra mim é Jesus – Daniel Berg

Essa é uma raridade que encontrei no Youtube: O hino 196 da Harpa Cristã, ‘Precioso pra mim é Jesus’, cantada pelo Pastor Daniel Berg.

Pra quem não conhece, Daniel Berg, é um dos pioneiros que fundaram a igreja Assembléia de Deus no Brasil, juntamente com Gunnar Vingren, no dia 18 de junho de 1910.

Padrão