AD História, História, mundo cristão

Assembleia de Deus Ministério de Madureira completa 84 anos de fundação

Imagem comemorativa, publicada nas redes sociais pela Editora Betel, ligada ao Ministério de Madureira.

Imagem comemorativa, publicada nas redes sociais pela Editora Betel, ligada ao Ministério de Madureira.

No dia 15 de novembro de 2013, a Assembleia de Deus Ministério de Madureira comemora os 84 anos de sua fundação. A igreja foi fundada no ano de 1929, em um templo alugado pelo pastor Paulo Leivas Macalão e localizado na Rua Borborema nº 77, no bairro de Madureira – Rio de Janeiro. A igreja que hoje se encontra no majestoso templo da Rua Carolina Machado e que este ano completou 60 anos de inauguração, na época era uma simples congregação, com poucos membros e uma banda de música. Hoje, a Assembleia de Deus Ministério de Madureira segue adiante com a obra iniciada pelo pastor Paulo Macalão e está presente em todos os estados do Brasil e em todos os continentes.

Facebook

Anúncios
Padrão
AD História

Catedral Baleia – 30 anos de inauguração

Em um grande evento realizado no dia 11 de julho de 1982, que contou com a presença de quase cinco mil evangélicos e várias autoridades, os pastores Paulo Leivas Macalão e Acácio Soares (na época dirigente da Igreja em Brasília), desataram a fita inaugural da majestosa Catedral das Assembleias de Deus em Brasília/DF, localizada na Avenida W5 Sul.

A gigantesca obra, fruto de um dos maiores sonhos do pastor Paulo, somou 14 anos em obras e contou com as orações e ofertas de irmãos de todas as partes do Brasil durante a construção.

Um fato que emocionou os que ali estavam foi presenciar a alegria do pastor Paulo Leivas Macalão após a inauguração, que bradava exultante do alto da galeria: “Agora sim, Senhor! Está inaugurada, está inaugurada!”.

Hoje a Catedral Baleia (como assim é conhecida) completa 30 anos de inauguração e atualmente passa por obras visando mais conforto e modernização ao templo, além de se adequar ao projeto inicial do pastor Paulo.

Tributo ao Centenário das Assembleias de Deus no Brasil

Padrão
AD História

Assembleia de Deus no Rio de Janeiro – 88 anos

Um grupo de imigrantes evangélicos oriundos do Pará, dentre eles Adriano Nobre e Heráclito Menezes, mudou-se para a cidade do Rio de Janeiro, então Capital do Brasil. Eles realizavam cultos em um local conhecido como “Igreja do Orfanato” e também na casa de Eduardo e Florinda Brito, no bairro de São Cristóvão.

No dia 21 de novembro de 1923, Gunnar Vingren visitou a cidade e participou de um culto na casa dos Brito, fato que muito alegrou e motivou os irmãos a permanecerem unidos.

Caminhando pelas ruas de São Cristóvão, um jovem que estava em busca da verdade encontrou um folheto evangelístico no chão, que convidava aos que desejassem um encontro com Cristo, para que se dirigissem ao endereço da “Igreja do Orfanato”. O jovem era Paulo Leivas Macalão. Ele não hesitou diante do convite, se dirigiu ao endereço citado e lá teve uma experiência com Cristo. Ao final do culto conheceu Florinda Brito e passou então a frequentar os cultos de oração que aconteciam em sua casa. No dia 5 de abril de 1924, enquanto cantavam o hino “Vem meu Libertador”, Macalão fez sua decisão e rendeu-se a Cristo.

Heráclito Menezes passou a realizar cultos de oração e Escola Dominical na casa da família Brito e, após uma oração fervorosa, os irmãos sentiram o desejo de organizar a primeira Assembleia de Deus no Rio de Janeiro. No dia 30 de abril de 1924, os crentes que se reuniam na casa de Florinda Brito elegeram Heráclito Menezes como pastor interino, João Nascimento como diácono e Paulo Leivas Macalão como secretário.

Cópia da lista de assinaturas dos fundadores da Assembleia de Deus no Rio de Janeiro.

Heráclito Menezes abriu dois novos pontos de pregação e alugou um salão na Rua Escobar, para estabelecer a sede da igreja com cultos abertos ao público. Foi nesse endereço que Gunnar Vingren oficializou a primeira Assembleia de Deus do Estado, no dia 22 de junho. No dia 29 do mesmo mês, na praia do Caju, Vingren realizou o primeiro batismo no Rio de Janeiro e entre os batizados estava Paulo Leivas Macalão.

Fonte: PRATES, Denise; FERNANDES, Renato. Tributo ao Centenário das Assembleias de Deus no Brasil. Rio de Janeiro: Editora Betel, 2012.

Padrão
AD História

54 anos de CONAMAD

No dia 2 de maio de 1958 foi fundada a Convenção Nacional das Assembleias de Deus Ministério de Madureira (CONAMAD), pelos pastores Paulo Leivas Macalão, Manoel Francisco da Silva, Narbal Soares, José Leite de Lacerda, Alípio da Silva, Carlos Malafaia, Nicodemos José Loureiro e outros. Na ocasião, o pastor Paulo Leivas Macalão foi eleito presidente da convenção.

Hoje a CONAMAD está presente em todos os estados brasileiros e em vários países, através das Convenções Internacionais e trabalhos missionários.

Fonte: Tributo ao Centenário das Assembleias de Deus no Brasil

Padrão
AD História

1º de maio e o Ministério de Madureira

O dia 1º de maio é uma data curiosa dentro da Assembleia de Deus Ministério de Madureira. Vários fatos importantes aconteceram nessa data.

Em 1953 era inaugurado o Templo Matriz em Madureira. No dia estiveram presentes cerca de 8 mil pessoas, vindas de diversas partes para louvar a Deus e agradecer pela conclusão do majestoso templo.

Em 1960, era publicado a primeira edição do jornal O Semeador, na época jornal da União de Mocidade da Assembleia de Deus. O jornal havia sido criado em 21 de abril daquele ano, pelo pastor Paulo Leivas Macalão, atendendo à iniciativa do na época presbítero Geraldo Correia. Em 19 de abril de 1970, em reconhecimento aos serviços prestados ao Ministério de Madureira, o jornal O Semeador tornou-se órgão oficial da CNAMEADMIF, atual CONAMAD, status que permanece até hoje.

Em 1964 era consagrado ao pastorado Manoel Ferreira, hoje presidente da CONAMAD. Na ocasião ele ouviu a frase que era marca registrada de Paulo Macalão: “Sê fiel até a morte!”.

E em 1991 entrava em operação a Editora Betel, editora do Ministério de Madureira.

Fonte: Tributo ao Centenário das Assembleias de Deus no Brasil.

Padrão
AD História

14 de março de 1948 – Pedra Fundamental da Assembleia de Deus em Madureira

Em 1948 o antigo templo da Igreja de Madureira (localizado na João Vicente nº 7), já não comportava mais o número de membros que compareciam aos cultos e reuniões então, o pastor Paulo Leivas Macalão e sua esposa, missionária Zélia Brito Macalão, começaram a procurar um terreno com boas dimensões e em local de fácil acesso para realizar a construção do grande Templo Matriz do Ministério de Madureira. Após algumas buscas encontraram exatamente o queriam e, certos de que Deus estava com eles no negócio, compraram o terreno!
Então, no dia 14 de março de 1948, acompanhado por uma multidão de obreiros e membros, o pastor Paulo Leivas Macalão lançou a Pedra Fundamental do novo templo da Assembleia de Deus em Madureira, localizado na Rua Carolina Machado, 174!

Extraído do livro “Tributo ao Centenário das Assembleias de Deus no Brasil”, em breve na Editora Betel

Padrão